sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

Quase



L.G.


Você foi quase a minha certeza, a minha ternura. Você foi quase minha felicidade, meu repouso.
Eu quase estive certo com você. Quase consegui transformar o céu em verde. Quase te chamei de “amor”.
Eu quase toquei a tua mão. Quase te escrevi uma carta. Quase aprendi a escrever teu nome.
Eu quase consegui entrar no teu coração (fiquei em frente à porta). Quase aprendi a te ligar sem consultar a agenda.
Eu quase estive perto de você. Quase nos beijamos. Quase trocamos olhares. Quase aprendi o caminho da tua casa.
Quase descobri que cheiro você tem. Você foi quase a melhor coisa que já me aconteceu. Fui quase engraçado. Quase amável. Quase bom. Quase o suficiente.
Fui quase gentil. Quase uma palavra. Quase diferente. Quase único.
Quase inventamos um amor. Enfim, eu quase me apaixonei por você.
Só não posso dizer que a saudade é quase, essa é a única que está completinha.
Leandro Lima


8 comentários:

Priscila Rôde disse...

Lá vem a saudade dilacerar nossos corações novamente..

Nii disse...

Sutil e muito belo.

Não existe saudade que quase dói no coração da gente... ela dói e pronto.

Beijos, Nii

B. disse...

Lindoo e sinceroo seu textoo *-*

She is Love, perfect *--*

Lia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
lia.wilde@hotmail.com disse...

Leandro... a algum tempo acompanho seu blog... encontrei por acaso... mas, confesso que o primeiro texto seu que eu li, me cativou, eu estava em um momento de transição, o texto era "meus tempos de escola". Sabe, quando vc escreve " Cresci. Tudo passou e perdi a inocência e a gostosura de ver o mundo com olhos crentes."
Ahh, não mas a minha surpresa ao saber que vc mora em Manaus... moro em Rio Branco, no Acre. Pertinho, já li tudo que vc escreveu.. e visito todos os dias... E esse quase... me tocou profundamente... só pra vc saber... acho que como dizia o Caio F. Abreu, é bom a gente saber que existe em Alguem.. E vc com certeza faz parte do meu dia... adoro ler seus textos... e já tenho um imenso carinho por ti... Abraços!

Lia

Fatima disse...

Noooossa...como gostei!!!

Quase me identifiquei, por conta de tantos "Quase" por que já passei.

Ah! essa saudade que agora é completinha, se realidade não vier a ser...
em breve irás esquecer.

Posso garantir.
Abraço com admiração.

Lua disse...

Quase chorei, por que com esses "quases" me identifiquei...
Quase é o que a saudade nunca vai ser...
Quase é a sensação que senti..quando perdi!
Quase recuperando..
Quase acreditando..

É lindo demais...
Adorei..aliás..amo de paixão seus textos. vc sabe!?
bjuh!

Luna

Sαbrinα disse...

Sem maais *-*
Lindo.