quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

Ano Novo




Mais um ano para tentar sobreviver. Para se viver. Teremos mais 365 dias para tentar encontrar o que não encontramos em 2009. Ou se livrar, sei lá! Cada um sabe o que carrega ou que quer carregar. Mais 365 dias para tirar do papel os projetos que, por algum motivo, não deram certo no ano que se passa.
Dois mil e nove não foi de todo ruim. Você deve ter tido algumas felicidades. Deve ter dado umas boas e gostosas gargalhadas. Deve ter chorado. E muito. Deve ter se frustrado, se apaixonado. Deve ter desistido, reatado, voltado à infância, sei lá! Muita história pra contar.
Deve ter “perdido a cabeça”, se arrependeu da atitude impensada, se rendeu, deu o braço a torcer. Deve ter conhecido um outro lado da vida que, até então, não conhecia. Você deve ter perdido algumas canetas, deu alguns presentes, recebeu alguns presentes. Deu beijos apaixonados. Desapaixonou-se pela falta de um beijo.
Deve ter apanhado o ônibus errado, entrado no “shopping” sem ter o que fazer. Você deve ter ido várias vezes ao cinema sozinha. Deve ter ido passear para não surtar com lençóis limpos demais. Deve ter conhecido lugares novos, rostos novos. Deve ter colocado a mão no fogo por um risco que resolveu assumir.
Você deve ter lido o horóscopo pra tentar dar algum sentido ao dias que se tornaram longos de mais. Você ter acreditado em alguma coisa.
Você deve ter perdido alguém.
Você deve ter encontrado alguém.
Você deve ter andado por terras que não acreditada que poderia pisar.
Deve ter comprado um carro, escolhido a roupa errada, encontrado um amigo das antigas sem saber o que conversar. Você deve ter bebido mais do que a conta lhe permitia. Você deve ter mentido, iludido, quebrado algumas promessas, feito outras promessas.
Você de ter vivido muitas loucuras. A vida é isso.
É hora de rever os conceitos. De inventar outras esperanças. De ter esperança. De acreditar que podemos ser melhores do que tentamos ser no ano que se vai.
Novas “saideras” com os amigos acontecerão. Novos amores virão. Novos amigos aparecerão. Quem sabe um emprego novo?!
Viagens para uns, muito trabalho para outros. Feriados para se aproveitar, muito filme pra assistir. Muita música pra ouvir, muita história pra contar.
Amor, saúde e paz.
Até 2010, meus amigos...
Leandro Lima

4 comentários:

Priscila Rôde disse...

Que você consiga fazer do seu ano novo um dos melhores e toda sua vida!

Beijos,
boas ondas em 2010!

Nívea disse...

Que as esperanças se renovem!
Sempre e mais!

A arte de recomeçar precisa se reiterar entre nós, homens carentes e sofredores!

Mais amor para nós!
Feliz ano novo!

Beijo!
Nii

felps_n! disse...

Maneira simples e direta de escrever. Gosto disso! Serei seu seguidor. Forte abraço e FELIZ ANO NOVO. Ahh, deixa eu me apresentar: Felipe, prazer! =P

michely321@hotmail.com disse...

Sabe,passei um bom tempo sem vagar sobre sua escrita.
E agora corro atrás dela q está a anos luz na frente de minha pobre mente.
Vc virou um vício,quero seu livro.
Preciso ler vc em qualquer lugar.
Garoto um 2010 abeçoado e quero seu livro.