domingo, 15 de novembro de 2009

O Que Você Acha!?




Não vou dizer que não achava que você seria capaz de dizer tais palavras, mas aconteceu. Você quebrou o vidro. Estou com o vidro na boca. Os estilhaços se confundem com os dentes que gritam por socorro. Sou um “cético adiantado”, como o meu relógio. O meu “acreditar” vem antes, bem antes dos cinco minutos pra começar a acreditar, e morro não hora do convencimento.
Não acredito em palavras, mas em atitudes impensadas. Atitudes pensadas mostra falta de espontaneidade, mesmo que dê errado, mas vale. Palavras; o vento as leva sabe-lá-pra-onde. Atitudes são como um dia de sol: permanecem para alegrar.
Mas o que você achou? Diz, vai!
Achou que eu trocaria as cadeiras de lugar só pra alcançar o céu? Achou que passaria um dia inteiro pintando o sol? Achou que passaria o dia lembrando os nossos beijos? Achou mesmo que eu ligaria e diria que queria te ver?
Sou orgulhoso. Minha armadura é firme para me arrepender de não prosseguir. Todo mundo acha que sou apenas o que aparento. Bando de burros. Há muito mais por trás do que eles veem. Quase todo mundo é assim: imprimem o que veem primeiro, o resto não importa.
Sou o que você nunca achou que eu seria. Sua falta de interesse só apimenta a minha vontade da conquista. Quero o que é mais difícil, o que não posso ter mesmo. Só dou valor assim. O que me atrai é o que desconheço. O que me mete medo bato à porta pra tentar um almoço.
Chorar é uma das atitudes mais bem ensaiadas desse mundo. “Dar as costas” é “cansei da conversa, tente mais tarde!”, pode reparar! Achou que eu mudaria? Achou mesmo?
Espero que, um dia, você perceba que está no caminho menos indicado. Eu não vou te avisar. Você não merece meus conselhos. Sua idiotice constante os tornam inúteis.
É fácil desistir das coisas, o difícil é permanecer na escolha.

Leandro Lima

3 comentários:

Athila Goyaz disse...

Provocativo e certeiro!

Prabens meu chapa!

Priscila Rôde disse...

Se tens um bom motivo, permaneça orgulhoso..

Muito direto seu texto!

Beijos

Nii disse...

É fácil desistir das coisas, o difícil é permanecer na escolha.

Firme e forte.
Direto e direito.

Parabéns pelas palavras .

Nii